Festival colombiano ‘El pirarucú de Oro’ está com inscrições abertas

Brasileiros podem participar na categoria Internacional, nas modalidades ‘Autor e compositor’ e ‘Intérprete’

Via Portal Tabatinga

Estão abertas, as inscrições para o 30º Festival Internacional de Música Popular Amazonense, “El pirarucú de oro”, que acontecerá de 27 a 30 de novembro, em Leticia, no departamento colombiano do Amazonas.

 Artistas nascidos nos países da tríplice fronteira (Brasil, Colômbia e Peru) podem concorrer na categoria Internacional, nas modalidades ‘Autor e compositor’ e ‘Intérprete’, ambas para maiores de 18 anos.

 Para participar da modalidade ‘Autor e compositor’, os interessados devem inscrever uma música inédita que represente o contexto amazônico.

 Já para ‘Intérprete’, o candidato precisa inscrever uma canção representativa do seu país de origem e, se for classificado, apresentará uma segunda música com temática da cultura colombiana.

 A inscrição é gratuita. Além da ficha cadastral, os concorrentes precisam enviar seis cópias da letra da música, áudio em MP3 e as partituras para voz.

 As músicas inscritas serão analisadas por uma comissão julgadora, composta por, pelo menos, cinco músicos com renome regional, nacional e internacional.

 Premiação

A premiação varia entre $ 2 milhões e $ 10 milhões de pesos colombianos (de R$ 2500 a R$ 11 mil, de acordo com o câmbio).

 Todas as informações e o regulamento do FINMUPA estão disponíveis no site www.amazonas.gov.co e na fanpage do festival www.facebook.com/PirarucuDeOroOficial.

O festival

Criado em 1987, o Festival Internacional de Música Popular Amazonense (FINMUPA), “El pirarucu de oro”, acontece anualmente em Leticia, no departamento colombiano do Amazonas e é aberto a artistas nacionais e estrangeiros.

 O evento tem como objetivo propiciar a integração e a divulgação dos diferentes gêneros musicais que confluem em Leticia e nas cidades vizinhas, assim como fortalecer o intercâmbio entre os países da tríplice fronteira.

 A programação do festival conta, ainda, com cursos, palestras, feiras gastronômica e de artesanato.

Por: Portal Otambaqui