Tabatinga e Jutaí devem controlar gastos públicos

Foto: SECOM/Tabatinga

Os municípios de Tabatinga (a 1.105 quilômetros de Manaus) e Jutaí (a 750 quilômetros de Manaus) estão na mira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

Ambas as cidades não estariam obedecendo a lei que define teto e piso para gastos com educação, magistério e pessoal.Os gastos com educação e profissionais da área em Tabatinga foram menores que os percentuais permitidos (25% e 60%), respectivamente. Enquanto isso, em Jutaí, as despesas com profissionais da educação ficaram 56% abaixo do piso durante os primeiros três meses deste ano.

O TCE-AM já expediu dois alertas para cada um dos municípios.

Por: Observatório Notícias