Seduc abre 716 vagas para educação indígena com salário de R$ 4,3 mil

Escola Indígena em Tabatinga Otto Farias//EBC//CC

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto – SEDUC lançou edital para contratar 716 professores por meio de Processo Seletivo Simplificado (PSS). Os docentes vão atuar no interior do Amazonas e precisam ter, além dos conhecimentos acadêmicos, conhecimentos convencionais que atendam a cultura dos povos tradicionais.

O editar pode ser conferido no site da secretaria, no link: http://bit.ly/2PQtvpa. O PSS será regido pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas – CETAM. No ato da inscrição, que vai de 2 a 7 de janeiro de 2020, o candidato deverá escolher a cidade em que deseja atuar. A inscrição deve ser feita online, pelo endereço http://www.concursoscpec.com.br/.
Há vagas para a educação indígena nos municípios de Amaturá, Atalaia do Norte, Autazes, Barreirinha, Benjamin Constant, Boca do Acre, Borba, Humaitá, Ipixuna, Itacoatiara, Jutaí, Manicoré, Maués, Nhamundá, Pauini, Santa Izabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Tefé e Uarini.

As vagas são para atuação do 1º ao 9º ano do ensino fundamental e no ensino médio, nas disciplinas de: Ciências e Saberes Indígenas; Biologia e Conhecimentos Tradicionais; Física e Conhecimentos Tradicionais; Química e Conhecimentos Tradicionais; Filosofia e Interfaces Culturais; Geografia e Contextos Locais; História e Historiografia Indígena; Sociologia e Estudos Específicos; Direitos Indígenas; Oralidade, Trabalho, Lazer e Expressões Culturais; Arte, Cultura e Mitologia; Língua Estrangeira; Língua Indígena; Língua Portuguesa e Conhecimentos Tradicionais; Práticas Corporais e Esportivas; Matemática e Conhecimentos Tradicionais;

A remuneração para 40 horas de trabalho é de R$ 4.349,50. O resultado parcial será divulgado em 3 de fevereiro e o resultado final, após análise de possíveis recursos será divulgado pela Secretaria em 14 de fevereiro. Todas as informações sobre o PSS podem ser consultadas no edital.

Os profissionais temporários ocuparão a maioria das vagas que não foram preenchidas pelo concurso público de 2018 e substituirão as contratações temporárias do PSS 2016. No total, com as duas convocações de concursados, a secretaria preencheu 4.026 vagas, restando, ainda, necessidade de substituir 2.987 professores do antigo PSS e das cargas vagas.

Por: Portal Otambaqui