MPF apura desvios de recursos que seriam para construção de escolas em Amaturá (AM)

Foto: MPF (Divulgação)

O município de Amaturá esta sendo alvo de investigação do Ministério Público Federal (MPF) após denúncia de possíveis desvios de recursos federais que seriam para construção de cinco escolas em comunidades ribeirinhas. Os recursos são oriundos de convênio entre a Prefeitura de Amaturá e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). 

A denúncia aponta que a empresa contratada para a realização das obras já recebeu recursos para realiza-las, mas elas não foram concluídas e parte delas nem foram iniciadas. Segundo o procurador Bruno Silva Domingos, as suspeitas configuram ato de improbidade administrativa e desvios de recursos com dados ao erário. 

Um inquérito civil foi aberto pelo procurador para apurar as suspeitas, conforme portaria publicada no Diário Oficial do MPF desta terça-feira (26). 

Por: MPF Amazonas