MPF apura denúncia de desvio de R$ 2,3 milhões da Funasa em Tabatinga

Foto: MPF (Divulgação)

A denúncia de suposto desvio de mais de R$ 2.313.000,00 destinados pela Fundação Nacional da Saúde (Funasa) para a Prefeitura de Tabatinga está sendo investigada pelo Ministério Público Federal no Amazonas (MPF). O procurador Bruno Silva Domingos determinou a abertura do Inquérito Civil. 

A portaria que prorroga a investigação no MPF foi publicada nesta terça-feira (03/12) no Diário Oficial Eletrônico do MPF. 
A denúncia do possível desvio foi realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU) após identificar a inexistência da prestação de contas dos R$ 2,3 milhões enviados pela Funasa para Tabatinga. O repasse ocorreu em 2016.

O MPF apura a pratica de improbidade administrativa com prejuízo ao erário que viola os princípios da Administração Pública. 

Por: MPF Amazonas