Benjamin Constant planeja resposta a cheia do Rio Solimões

James Marques, da Defesa Civil, informou que em comparação ao ano passado o nível do rio ainda é baixo, mas já preocupa os Benjaminenses.

Foto: Divulgação//ASCOM-PMBC

O Secretário de Segurança Pública de Benjamin Constant, James Costa Marques, em entrevista ao programa Portal Otambaqui, esclareceu sobre as ações do órgão para lidar com a cheia do Rio Solimões e Javarí.

James, disse que em comparação com o ano passado o nível do rio ainda é baixo, mas já preocupa as famílias e autoridades Benjaminenses, devido os riscos de doenças, animais silvestres, plantações e alagamentos de casas e ruas, cada vez mais frequentes nos últimos anos em Benjamin. 

De acordo com James, o município é um dos mais afetados no estado, atualmente mais de três mil famílias foram prejudicadas. Com base em enchentes de anos anteriores, o secretário já providencia o apoio das forças armadas para ajudar no impacto que a enchente deve causar no município.

Caso o nível do rio continue subindo, centenas de famílias precisarão ser realocadas de suas casas em comunidades e bairros, para locais alugados pela Prefeitura, como quadras esportivas, escolas e centros comunitários.

Além do monitoramento da subida dos rios, a pasta já está planejando a construção de pontes de madeira para acesso dos moradores em algumas comunidades ribeirinhas.

Até o dia 04 de janeiro, o nível do rio Solimões em Benjamin Constant, estava em 11m e 58cm, enchendo cerca de 5cms por dia.

Por: Portal Otambaqui