Professores de Tabatinga questionam desconto de 1.500 reais no pagamento

O prefeito respondeu através do seu facebook, dizendo que ia marcar uma reunião para ouvir a classe

25
Escola Indígena em Tabatinga Otto Farias//EBC//CC
As professoras, Richerlany Rodrigues e Salvina Gonçalves, questionaram na rede social facebook, o desconto no valor de 1mil reais no pagamento delas e de outros professores.
Na sua página, a professora Richerlany, publicou: Gostaria que o senhor prefeito Saul Nunes Bemerguy, explicasse o porquê de “roubar” mais de 1.500 reais de cada professor ,inventando desculpas esfarrapadas. É isso que o senhor chama de “cuidando da nossa gente” , deveria mudar para” roubando a nossa gente”.
A professora Salvina, também publicou: “Comungo da sua insatisfação e revolta Querida Richerlany! É atitude desprezível, desumana e desrespeitosa mesmo o desconto descabível que aconteceu no pagamento dos professores da rede municipal hoje! Eu perdi 1000 reais! Não sei o q vou fazer com as minhas contas do mês! Não fomos avisados se quer que aconteceria um absurdo desse conosco! Infelizmente E simplesmente temos q aceitar isso! Porque eles sempre terão explicação tudo! Admiro sua coragem de desabafar!”
O prefeito respondeu através do seu facebook, dizendo que ia marcar uma reunião para ouvir a classe e também que a professora Richerlany, provasse onde ele roubou esse dinheiro. A SEMED, ainda não divulgou nada sobre o assunto.
Por: Otambaqui.com.br