Prazo para cadastramento biométrico termina em maio

Cerca de 5 mil eleitores ainda não fizeram o cadastramento biométrico em Tabatinga

33
Foto: Arquivo/EBC

O coordenador do Projetro BIometria no Alto Solimões, Renato Crespo, avaliou os trabalhos de cadastramento biométrico na região. Ele informou que dois postos de atendimento foram instalados em Amaturá e Tonantins para facilitar o cadastramento. Cerca de cinco mil eleitores ainda não buscaram o cartório eleitoral para fazer a revisão do título.

Ele explicou que há quatro serviços oferecidos: alistamento, revisão, transferência e segunda via.

Segundo Crespo, o prazo final para o cadastramento é até o dia 9 de maio. Quem não fizer o cadastro não terá problema para votar nas eleições de outubro, que manterá a votação atual, sem a biometria.

Em novembro deste ano será aberto um novo prazo para os eleitores que ainda não conseguiram realizar o cadastramento biométrico.

Renato afirmou que há expectativa de revisar ainda 2,5 mil títulos até o dia 9 de maio.

O prazo final para a conclusão da biometria é o ano de 2022. Mas Renato espera que em 2020 todos os municípios do Amazonas tenham completado o cadastro biométrico.

Texto: Marcello Bhacana- Rádio Nacional