Polícia Nacional da Colômbia deflagra mineração ilegal próximo ao rio Iça

Três balças conhecidas como dragas foram destruídas, além da apreensão de cinco armas, e sete pessoas de nacionalidade brasileira

76
Site Leticia Hoy

No último, dia 30 de Abril, a Polícia Nacional da Colômbia e Força Aérea, deflagraram a Operação Liberdade, contra a mineração ilegal na Amazônia. A operação aconteceu em águas do rio Purite Nordeste do departamento do Amazonas colombiano, próximas as comunidades de Vila Alterosa e Juí, pertencentes ao município de Santo Antônio do Içá, fronteira com a Colômbia, pelo rio Içá.

Três balças conhecidas como dragas foram destruídas, além da apreensão de cinco armas, e sete pessoas de nacionalidade brasileira, com elas foram encontradas 14 gramas de minério de ouro, 140 gramas de minério de mercúrio, 26 cartuchos de espingarda calibre 16 “e um barco de madeira de cerca de 9 metros de comprimento e três de altura que era usado como um navio de abastecimento para as dragas.

De acordo com informações do Ministério da Defesa da Polícia Nacional e do Escritório de Comunicações Estratégicas da Colômbia, durante a operação os militares ficaram surpresos ao se deparar com duas dragas encontradas, incomum as outras já vistas por eles, essas chamadas de “Dragões”, por causa de sua eficiência de absorvição, em extração de leitos de rios. Sendo que o material usado causa danos intensos e devastadores nos rios.

Os presos responderão aos crimes de Danos aos recursos naturais, exploração ilegal de um local de mineração e outros materiais da arte E fabricação, tráfico, transporte ou posse de armas, acessórios, peças ou arte munição.

A informação é do Ministério da Defesa Polícia, Escritório de Comunicações Estratégicas.