Participação dos americanos no AmazonLog é questionada pela impressa

O General explicou que a participação dos americanos é para a troca de experiências

ABERTURA AMAZONLOG

Em coletiva à imprensa, o General Theophilo, comandante-geral do AmazonLog, respondeu os questionamentos dos jornalistas sobre a participação do Exército americano no exercício de logística multinacional, AmazonLog17, que está acontecendo até o dia 13 de novembro, em Tabatinga, no Amazonas.

O General explicou que a participação dos americanos é para a troca de experiências, já que segundo ele, o Exército americano tem largo conhecimento em lidar com situações de catástrofes e desastres naturais, além disso o General Theophilo ressaltou que ele mesmo convidou os americanos e demais países para essa troca de conhecimentos sobre logística militar.

General Theophilo disse que o mundo é globalizado, agora fizemos a maior torre de observação climática, mais alto que a Torre Eiffel com 325 metros de altura, com a Alemanha, um consórcio Brasil e Alemanha. Temos exercícios regulares com o Exército americano, com destacamento e operação de forças especiais americanas. Quantos milhares de brasileiros estão fazendo curso, se aperfeiçoando, fazendo mestrado, doutorado, e quantos americanos estão aqui? O que a China está financiando de infra-estrutura do Brasil em termos de transportes, de energia e de muitas outras coisas. O que nós temos de negócio e intercâmbio com a Rússia. Os Estados Unidos têm uma expertise muito grande no que se refere em calamidade e ajuda humanitária, só de furacões ele teve uns quatro e rapidamente se reconstrói; os Estados Unidos tem expertise em incêndios florestais, quase que anualmente o Parque da Chapada dos Guimarães, Chapada Diamantina, Roraima vive queimando e nós nunca aprendemos que temos que fazer combate a incêndios florestais.

Ouça a entrevista com o General: http://radios.ebc.com.br/alo-fronteira/2017/11/exercito-rebate-criticas-sobre-participacao-dos-americanos-no-amazonlog-em