Meia tonelada de pescado ilegal são apreendidos no Vale do Javarí

Foram apreendidos cerca de 500 kg de pescados diversos, entre surubins e capararis, além de 15 tracajás.

46
Seção de Comunicação Social 8º BIS

No período compreendido entre os dias 20 a 23 de novembro do corrente, o 4º Pelotão Especial de Fronteira (PEF) – Estirão do Equador, durante Reconhecimento de Fronteira (REFRON) da Operação Barro Branco, realizou apreensão de pescado ilegal e tracajás, na Terra Indígena do Javari – Rio Curuçá.

Durante o REFRON e após o contato com as aldeias indígenas de Flores e Fruta-Pão (pertencentes à etnia dos Mayurunas) e com a aldeia indígena de São Luís (etnia Kanamari), foram encontrados pescadores realizando atividades de retirada ilegal da fauna em área indígena no período de “Defeso”, que se iniciou no dia 15 de novembro de 2018.
Na ocasião, foram apreendidos cerca de 500 kg de pescados diversos, entre surubins e capararis, além de 15 tracajás.

É a “Unidade de Guerra” colaborando no combate aos crimes transfronteiriços e ambientais.

Por: Seção de Comunicação Social do 8 BIS.