Manifestações em Benjamin Constant são articuladas pela oposição, afirma prefeito

As manifestações foram causadas por suposto atraso no pagamento dos servidores em dezembro.

46
Foto; ASCOM/PMBC

O prefeito de Benjamin Constant, David Bemerguy, afirmou que as manifestações realizadas no último dia 2, em frente à prefeitura, foram articuladas por sua oposição política no município. Ele acusa o ex-prefeito, pelo menos mais quatro vereadores e um ex-vereador de usar os servidores como massa de manobra na cidade.

As manifestações foram causadas por suposto atraso no pagamento dos servidores em dezembro. De acordo com o prefeito, nem todos os servidores foram pagos no dia 31 de dezembro devido ao horário bancário e a problemas com o sistema que depende de internet.

“Além disso, o pagamento de dezembro poderia ser feito até o 5º dia útil de janeiro. Sendo assim, não houve nenhum atraso ou, apenas uma demora nas transações bancárias”, explicou.

Ainda segundo David, todos os servidores de Benjamin estavam pagos no dia 3 de janeiro. “Orientados por um ex-prefeito, ex-candidato a vice-prefeito na chapa derrotada em 2016 e vereadores da oposição, incitaram esse movimento de poucas pessoas”, completou.

O prefeito fez questão de reforçar que a prefeitura de Benjamin Constant é uma das únicas no Amazonas que  dois quartos do salário como adicional de férias e não apenas um terço,como é previsto em lei. “Essas medidas adotadas na nossa gestão mostram nosso comprometimento com essa classe tão importante”, finalizou David.

Por: ASCOM/PMBC