Deputada Alessandra Campêlo denuncia agressão contra vereadora de Benjamin Constant

Segundo a Alessandra, a vereadora debatia na tribuna questões políticas quando o marido da também vereadora, Professora Suzie Nobre (PSC), invadiu a sessão e partiu para a agressão.

273
Foto: Assessoria

Em mais um caso de violência contra a mulher no Estado, a deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) levou à tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) a denúncia da agressão sofrida pela vereadora Maria Nogueira (PP), do município de Benjamin Constant (a 1.118 km de Manaus), na região do Alto Solimões. O caso ocorreu no dia 16 de maio.

Segundo a Alessandra, a vereadora debatia na tribuna questões políticas quando o marido da também vereadora, Professora Suzie Nobre (PSC), invadiu a sessão e partiu para a agressão. O pior é  que o agressor, identificado como Roberto Nobre, teria sido protegido pelos policiais que trabalhavam no local sob a anuência do presidente da Câmara, vereador Doutor Etã (PR).


“O nome do criminoso, do agressor de mulheres, do covarde, é Roberto Nobre. Ele agrediu a vereadora: primeiro ele deu um soco e depois um pisão. Estranho é que nunca se ouviu falar desse senhor ter invadido a Câmara de Benjamin Constant para bater em homem, ele só entra na Câmara para bater em mulher”, denunciou Alessandra.

A vice-presidente da Assembleia Legislativa disse que vai tomar todas as medidas cabíveis para apurar o caso via Comissão da Mulher, das Famílias e do Idoso. Alessandra acrescentou que vai pedir informações sobre a ocorrência da Delegacia Geral, da Secretaria de Segurança Pública e do Comando da Polícia Militar.  Uma das providências será o pedido de afastamento dos policiais que não protegeram a vereadora.
“Quero saber quem foram os policiais que, em vez de protegerem a mulher, protegeram o agressor. Eu vou exigir a transferência desses homens de Benjamin Constant. Eu não admito que a Polícia Militar seja usada para proteger homens covardes que agridem mulheres”, afirmou Alessandra.
Mayara sobe o tom

A deputada Dra. Mayara Pinheiro (PP), que presidia a sessão, subiu o tom contra a ocorrência em Benjamin Constant e garantiu se unir com Alessandra nos esforços para punir os envolvidos na agressão contra a vereadora Maria Nogueira.
“Queria me solidarizar com a vereadora e dizer que, como componente da Comissão da Mulher, esses agressores não passarão. Agora o Estado do Amazonas conta com quatro mulheres aguerridas, guerreiras e de luta, que trabalharão para que nunca mais as mulheres sejam agredidas e violentadas”, disse Mayara.


Via Assessoria da Deputada