Confusão dentro de presidio em Manaus termina após 12 horas, diz Seap

Seis detentos morreram em tumulto. Outros 20 presos foram transferidos para isolamento externo.

65

s de 12 horas depois, a confusão na Unidade Prisional do Puraquequara – no km 2 do Ramal da Bela Vista, em Manaus -, terminou no fim da noite desta sexta-feira (7), segundo a Secretaria de Admistração Penitenciária (Seap). Ao todo, seis detentos foram assassinados dentro das celas, pelos próprios companheiros. Outros 20, ameaçados de morte, foram transferidos para o isolamento externo.

Durante todo o dia, familiares acompanharam a movimentação do lado de fora do presídio. Ao fim da noite, eles aplaudiram a chegada do Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos da OAB-AM, Epitácio Almeida, com a notícia que a situação tinha sido controlada.

Saiba mais: http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/confusao-dentro-de-unidade-prisional-em-manaus-termina-apos-12-horas-diz-seap.ghtml