Confira como será o saque do FGTS pelo trabalhador

De acordo com a Caixa Econômica, 96 milhões de brasileiros poderão se beneficiar com a liberação de recursos do FGTS.

34

A partir de setembro, os trabalhadores vão poder escolher sacar parte do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) todo ano, no mês de aniversário.

Para isso, será preciso abrir mão do saque no momento da demissão. Nessa primeira fase serão liberados R$ 42 bilhões, sendo R$ 30 bilhões este ano e outros R$ 12 bilhões para retiradas até março do ano que vem.

Esse primeiro saque será de até R$ 500. O professor de economia da Universidade de Brasília, Roberto Piscitelli, destacou em quais situações pode ser vantajoso aderir ao Saque-Aniversário.

Usar o dinheiro para pagar dívidas. Esse é o objetivo do estoquista Josivaldo Alves Lima.

De acordo com a Caixa Econômica, 96 milhões de brasileiros poderão se beneficiar com a liberação de recursos do FGTS.

O valor será inversamente proporcional ao saldo na conta do Fundo de Garantia. Assim, quem recebe salário mais baixo vai poder sacar um percentual maior do que o trabalhador que tem salário mais alto. Oitenta por cento das contas do FGTS acumulam até 500 reais.

O valor parece baixo, mas o economista Roberto Piscitelli destaca que é importante não liberar quantias mais altas, porque isso poderia afetar a sustentabilidade do FGTS. O Fundo de Garantia é usado para financiar obras nos setores de moradia, saneamento e infraestrutura.

O programa Saque-Aniversário foi instituído por meio de uma medida provisória que precisa passar pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, antes de ser convertido em lei. Na sexta-feira (26), o presidente, Jair Bolsonaro, apelou para que os parlamentares não aumentem o limite de saques do FGTS.

Por: Victor Ribeiro – Agencia Brasil