Comunidade indígena de Filadélfia em Benjamin Constant (AM) vai receber espetáculo de Ópera Mirim

132
Foto: SEC/Amazonas

O Governo do Amazonas em parceria com a Prefeitura de Benjamin Constant, distante há 1.120 km de Manaus, realizam neste sábado dia 18 de maio, na comunidade indígena de Filadélfia, o espetáculo o “Ópera Mirim”, que apresenta “L’enfant et les Sortilèges” (“O Menino e os Sortilégios”), de Maurice Ravel, em teatro de marionetes, feito pelos artistas do Pequeno Teatro do Mundo.

A apresentação faz parte do Festival Amazonas de Ópera (FAO) que teve inicio em abril no Teatro Amazonas em Manaus. No interior do estado, somente Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant vão receber a atividade cultural. Um grupo de teatro chega na cidade no dia 17 de maio.

“O ‘Ópera Mirim’ segue uma das diretrizes da SEC, que visa a promoção e o fomento de ações que permitam maior acesso do cidadão à cultura, em um processo de descentralização que atinge os municípios e que também chega a espaços como os hospitais, onde a atividade cultural proporciona momentos de entretenimento para quem passa por situações difíceis”, informou o Secretário de Cultura do Amazonas, Marcos Apolo Muniz.

O Secretário Executivo de Turismo, Marcello Bhacana, esteve representando o prefeito David Bemerguy na SEC e falou da importância do evento, inédito para a mesorregião do Alto Solimões; “A realização do espetáculo é importante para nos firmarmos dentro do cenário cultural e turístico do Estado e ressaltar ainda mais nosso titulo de “Capital Cultural do Alto Solimões”.

Marcello, agradeceu a parceria da Secretaria de Cultura do Amazonas (SEC) e o apoio do professor, músico e poeta Benjaminense, Celdo Braga. O local de apresentação vai ser na escola municipal da Comunidade de Filadélfia a partir das 18 horas. A entrada é gratuita.

*Com informações da assessoria