Benjamin Constant (AM) pode ganhar Universidade do Alto Solimões

Parintins, Benjamin Constant, Coari e Itacoatiara ganham universidade.

589
Foto: Coordenação de Comunicação Social – Reitoria IFAM

O ministro da Educação Rossiele Soares, anunciou, nesta segunda-feira (31), que conseguiu enviar ao legislativo, com a aprovação do presidente da República, Michel Temer, projeto de lei (PL) que cria novos Institutos Federais de Educação, a Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas e a Universidade Federal do Médio e Alto Solimões.

O ministro, que deixa o cargo no fim do governo Temer, mas assume a convite, a Secretaria da Educação no governo de São Paulo, fez o anúncio a poucas horas de deixar o cargo. Conforme o ministro, o assunto já tinha sido tratado com o presidente da República e a reitoria da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e com o prefeito de Benjamin Constant David Bemerguy e o Deputado Federal Atila Lins.

A Universidade Federal do Médio e Alto Solimões compreenderia as atividades hoje realizadas em outros dois campi da UFAM: o Instituto de Natureza e Cultura (INC), localizado em Benjamin Constant, e o Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB), localizado no município de Coari.  Caso a criação destas universidades seja aprovada pelo Congresso Nacional, as unidades passarão a ter autonomia administrativa, pedagógica e financeira, inclusive com a eleição de novos reitores e corpo diretivo.

Para Rossieli, caso haja a aprovação no Congresso Nacional, será um avanço fundamental para o Amazonas. “Tenho certeza que esse será um dos maiores legados que deixaremos para o nosso Estado”, defendeu o ministro, que já foi secretário de Educação do Amazonas e assumirá, a partir de amanhã, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

Por: Ministério da Educação