Adesão ao Cadastro Ambiental (CAR) segue até março em B. Constant (AM)

Técnico agrícola da Secretaria de Produção Rural, Eliandro Almeida, destaca importância do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para minimizar o desmatamento na Amazônia

6
Foto: ASCOM/PMBC

Durante o IIº WorkShop da Gestão Municipal de Benjamin Constant, no Alto Solimões, que aconteceu nos dias 11 e 12 de janeiro, o técnico agrícola da Secretaria de Produção Rural, Eliandro Almeida, falou sobre a importância do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para minimizar o desmatamento na Amazônia.

Segundo o técnico, em Benjamin Constant, 152 agricultores já possuem o CAR e suas propriedades são monitoradas por imagens de satélites pelo Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam), através de referências geológicas obtidas na hora do cadastro. Ele ressaltou que o prazo para o cadastramento de 2017 era até o dia 31 de dezembro, mas foi prorrogado para 31 de março de 2018.

E anunciou que uma força-tarefa vai ser montada, em parceria com outras secretarias como Meio Ambiente, para cadastrar o maior número possivel de produtores rurais. Deste modo, o agricultor pode ser beneficiado na obtenção de crédito agrícola, em todas as suas modalidades, com taxas de juros menores, bem como limites e prazos maiores que os praticados no mercado.

Texto: Marcello Bhacana- Rádio Nacional