UNIVAJA repudia em Nota nomeação de missionário para para coordenadoria dos índios isolados

Foto Divulgação

Em Nota a  Coordenação  da  Organização Indígena UNIVAJA, repudiou o anúncio do governo Bolsonaro, que anunciou a nomeação do pastor Ricardo Lopes Dias para a Coordenadoria Geral de Índios Isolados e Recém Contatados (CGIIRC) da Fundação Nacional do Índio – Funai, gerando duras críticas de diversas entidades ligadas à causa indígena.Desde 1997, o pastor atua na evangelização de povos originários na região amazônica. A direção do UNIVAJA disse ainda, que é mais uma atuação estúpida e irresponsável do atual presidente  do órgão    indigenista do Estado Brasileiro que, claramente, vem usando a instituição do Estado Brasileiro para  beneficiar setores retrógrados,como o fundamentalismo evangélico e  o agronegócio em detrimento aos povos indígenas.          

Leia a Nota de repudio na Integra:  

Por: Naílson Tenazor/Atalaia do Norte